Poder, pode. Mas só um escritório especializado em marcas e patentes detém as técnicas para analisar a eficácia de um nome, assegurar que não existem nomes conflitantes e avaliar os riscos jurídicos que envolvem cada opção antes de serem apresentadas ao cliente. Não por acaso existem muitas empresas que perdem seu direito de uso ou não tem seu nome protegido como um patrimônio.